Feliz Páscoa!

Esse é um breve post para desejar que todos tenham uma Feliz Páscoa!

Um abraço a todos. 

Um aninho a mais de experiência!

Bom meus amigos, andei um pouco sumida do mapa, mas estou de volta! Não sei se tanto no blog, mas pelo menos fisicamente. E amanhã faço aniversário e queria compartilhar minha alegria com vocês. Eu, ao contrário do que muita gente fala de “inferno astral” ou coisa parecida que ocorre perto do aniversário, fico muitíssimo bem. Como não quero morrer nova, agradeço a Deus a cada aniversário e a cada dia poder estar nesse mundo e ter oportunidade de aprender e evoluir. Obrigada meus amigos, Chris, Odilon, Gui e Francis pois aprendo muito com vocês. Todos vocês me fazem muito bem!!! E também obrigada aos amigos dos amigos, Otávio, Roberto, Lê, por serem pessoas especiais na vida destas pessoas incríveis.

um beijo enorme para todos!

Um domingo na Liberdade

Comecei o ano com um plano para meu querido Octávio.  “Conheça São Paulo”. Como bom curitibano, meu namorado não gosta muito de se aventurar em lugares desconhecidos. Neste aspecto ele é bem diferente da aquariana que aqui escreve, que adora lugares novos e falar com gente diferente…

Hoje fomos ao bairro da Liberdade, andamos pelas ruas movimentadas e almoçamos na feira de rua. Muita comida gostosa para quem aprecia prato japonês, ou melhor oriental, pois ali tem de tudo, chinês, japonês, coreano. O negócio é ter o olho puxado.  Bom, acho que ele gostou, tirando o mal estar por ter exagerado nas comilanças.

Aceito sugestões para enriquecer meu programa paulistano, amigos!

Abraços!

Sei que já conhecem mas vale a pena assistir de novo.

E que venha 2008 para vivermos o presente!

No primeiro dia do ano fazemos a lista do que queremos realizar e geralmente sentimos uma mistura de sentimentos. Alguns de força e determinação do tipo “vou fazer” e outros não tão nobres como uma cobrança interna ao ver que alguns itens estão apenas sendo levados de uma lista para outra há alguns anos com o mesmo status “não iniciado”.  Acredito não ser a única pessoa a sentir essa sensação mas um dia ouvi em uma palestra algo interessante sobre o momento presente  e esse sim é o momento mágico que pode mudar tudo.  Que em cada dia deste ano possamos nos preocupar menos com o que devíamos ter feito ou no que queremos fazer até o final do ano, no que queremos fazer nos próximos 10 anos.  Que aprendamos a VIVER e FAZER com todo nosso foco e energia apenas o momento presente. Dele dependerá o futuro pois o “hoje” amanhã já será passado. 

Que todos vocês tenham um excelente dia, hoje, amanhã e depois de amanhã.

E chega de comilanças… pelo menos até a próxima segunda!

Bem, meus amigos, eu espero que todos tenham passado um feriado excelente, com bastante coisas gostosas, muitos presentes, mas acima de tudo que tenham estado em paz com as pessoas que amam, parentes ou amigos, cachorro ou papagaio. Que saibamos aproveitar o momento para verdadeiras reflexões e renascimento do que queremos e podemos mudar.  Um grande abraço!

É só para dizer

Bom, este post é só para dizer que de fato ando estressada nos últimos dias.  Mas também fiquei feliz com o fato dos meus amigos notarem esse stress e me “puxar as orelhas”  de certa forma! Obrigada meus amigos.

A economista, a copilota, e celular e o GPS.

A cena não apenas parecia como era hilária.  Tinham uma reunião de trabalho. Não podiam se atrasar. Não podiam se perder. Por isso a economista precavida emprestou o GPS do marido high tech. A copilota tinha apenas que manejá-lo. Um zero à esquerda para essas coisas. Tenho algumas dúvidas sobre sua escolha profissional. Mas para isso tinha a ajuda da motorista. E também tinha um help telefônico de um colega de trabalho. Não podia dar errado. O GPS dizia “vire à direita”. A rua era uma favela. O amigo ao celular dizia “vire à esquerda”. A motorista perguntava se o amigo era canhoto.  Chovia. A economista se estressava. E por aí afora… Qual foi o placar final? 10 a zero para o caminho. (errado na ida e na volta). Essas tecnologias…

Ex-sogra

Amigos, hoje só queria compartilhar a informação de que minha ex-sogra me ligou no skype matar as saudades. A situação bizarra é que em nossas conversas sempre pergunto de todos mas o “dito cujo” é como se nunca tivesse existido. No mínimo hilário. Tem coisa que é para sempre. Ex-sogra é uma delas.

Síndromes

Como tenho um pequeno problema de saúde há pelo menos uns oito anos.. depois de longas leituras em artigos médicos chego à brilhante conclusão, digo brilhante porque já deve ser do conhecimento de todos mas que para mim a ficha ainda não tinha caído, que síndrome é a definição criada para qualquer problema cuja causa não é explicada, usada para justificar a ineficiência de qualquer tratamento recomendado que vai de extremos como aspirina, simpatia, macumba, cirurgia, etc.  Cansei!

« Older entries

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.